Papai Noel versus Jesus

Com o natal se aproximando, vários ouvintes do programa “Pergunte ao Pastor John” enviaram mensagens relacionadas a Papai Noel. Corbin, um ouvinte de Gainesville, Georgia, perguntou: “Pastor John, pais deveriam permitir que seus filhos acreditem em que Papai Noel é quem lhes traz presentes no Natal?”

O que segue é uma tradução das principais partes da resposta do pastor John Piper:

 “Pastor John, pais deveriam permitir que seus filhos acreditem em que Papai Noel é quem lhes traz presentes no Natal?”

O objetivo do Natal é a salvação de pecadores através da morte e ressurreição de Jesus.

  • Jesus veio no Natal para procurar e salvar o perdido (Lucas 19.10)
  • Jesus veio no Natal para salvar pecadores (1 Timóteo 1.15)
  • Jesus veio no Natal para dar vida em resgate de muitos (Marcos 10.45)
  • Jesus veio no Natal não para chamar o justo, mas pecadores (Mateus 9.13)
  • Jesus veio no Natal para destruir as obras do mal (1 João 3.8)
  • Jesus veio no Natal para que através da morte ele pudesse destruir aquele que tem poder sobre a morte (Hebreus 2.14)

Portanto, o nascimento do Filho de Deus, o próprio Deus, feito homem, é simplesmente belíssimo, glorioso e infinitamente real, é uma enxurrada de boas notícias. O anjo chamou isto de “boas novas de grande alegria” – grande alegria, não alegriazinha, não uma pitada de alegria, mas grande alegria (lucas 2.10).

Minha pergunta é esta: “Como podemos sequer cogitar dar a nossas crianças uma tigela de uma mistura de mingau sem gosto enquanto nos é oferecia o maior e mais completo banquete da Terra?” Porque lhes daríamos Papai Noel se podemos lhes apresentar a encarnação do Filho de Deus?

É incompreensível para mim que qualquer cristão sequer contemple a possibilidade de negociar se deveríamos desviar atenção para longe da encarnação do Deus do universo neste mundo para nos salvar e a nossos filhos... não apenas Papai Noel não é verdade – e Jesus é ele mesmo a própria verdade – mas comparado com Jesus, Papai Noel é simplesmente lamentável, e nossas crianças deveriam ser auxiliadas a ver isto.

Papai Noel oferece apenas coisas terrenas, nada durável, nada eterno. Jesus oferece alegria eterna com o mundo incluso – sim, o caminhão de bombeiros está incluso (1 Corintios 3.21-23)

Papai Noel oferece recompensas passageiras apenas sob a condição de um bom trabalho:

“Ele sabe quando você está dormindo,

ele sabe quando você está acordado,

ele sabe se você foi bom ou mau,

portanto seja bom para seu próprio bem.” [música tradicional de Natal]

Isto é puramente religião por méritos. E Jesus oferece Ele mesmo presentes gratuitamente, por graça, por fé.

Papai Noel é de faz-de-conta. Jesus é mais real que o telhado de sua casa.

Papai Noel aparece apenas uma vez por ano. A promessa de Jesus é que “Eu estarei sempre com vocês” (Mateus 28.20). Você diz a seu filho à noite: “Ele está com você perto de sua cama. Ele está com você quando você se levanta pela manhã. Ele está com você quando você for para a escola hoje. Se mamãe e papai morrerem, Ele estará bem aqui com você.” Papai Noel não consegue sustentar nem uma vela perto desta chama: JESUS.

Papai Noel não pode resolver nosso pior problema. Jesus, sim, resolve nosso pior problema, nosso pecado, nossa alienação de Deus. Papai Noel pode colocar um pouco de chantilly no bolo da vida, mas ele não pode pegar uma vida despedaçada e reconstruir com esperança para sempre. Nossos filhos precisam saber isto sobre o Natal.

Papai Noel não é relevante em muitas culturas. Jesus é o Rei dos reis e Senhor dos Senhores sobre todas as pessoas do mundo.

Papai Noel será esquecido algum dia, mas Jesus “é o mesmo ontem hoje e eternamente” (Hebreus 13.8).

Portanto, não há nem competição aqui. Eu não consigo enxergar porque um pai, se este pai conhece e ama a Jesus, se este pai encontrou em Jesus o maior tesouro do mundo, porque razão ele iria levar Jesus para fora da celebração e trazer Papai Noel para ela – quer dizer, Papai Noel é simplesmente irrelevante. Ele não tem nada a ver com ela. Ele é zero.

Portanto, meu conselho é que você faça todo o esforço para fazer seu filho tão feliz quanto eles possam ser com todo tipo de surpresas que estão enraizadas no verdadeiro sentido do Natal. Permita que sua decoração aponte para Jesus. Permita que sua comida aponte para Jesus. Permita que as brincadeiras apontem para Jesus. Permita que as músicas apontem para Jesus. Que sua alegria seja maior que a do mundo. Que seus presentes sejam maiores que do mundo. Que sua decoração seja maior que do mundo, e deixe que tudo isto aponte para Jesus.

Se para você, ser centrado em Jesus é ser um estraga prazeres para o seu Natal, então você não O conhece bem.

John Piper

Mensagens Recentes